x

SOLAR DO CASTELO

Concierge

Aqui encontrará algumas dicas dos nossos recepcionistas sobre o que visitar nesta cidade maravilhosa.

  • Castelo de São Jorge

    O Castelo de São Jorge pode ser visto praticamente de dota a cidade. A sua parte mais antiga data do século VI, quando foi fortificado pelos Romanos, Visigodos, e eventualmente os Mouros. Foi residência real Mourisca até o primeiro Rei de Portugal D. Afonso Henriques o conquistar em 1147 com a ajuda das cruzadas do norte da Europa, no seu caminho para a Terra Santa. O Castelo de São Jorge abriga entre as suas muralhas um núcleo de casario típico. Entre essas moradas está o Solar do Castelo, única unidade hoteleira a situar-se dentro da edificação medieval. Um edifício do Século XVIII, construído nas antigas cozinhas do Palácio de Alcáçovas.

  • Miradouro de Santa Luzia

    Este romântico miradouro colado à Igreja de Santa Luzia apresenta Alfama aos visitantes com uma vista desafogada sobre as suas casas, igrejas e o Rio Tejo. Tome uma bebida no café do Terraço.

  • Miradouro das Portas do Sol

    Mesmo ao lado do Miradouro de Santa Luzia, este é um miradouro que se abre em direcção ao rio e que oferece uma vista espectacular sobre Alfama. Está localizado mesmo em frente do Museu de Artes Decorativas.

  • Museu de Artes Decorativas (Fundação Ricardo Espírito Santo)

    Situado na esquina do Miradouro das Portas do Sol no Palácio Azurara do século XVII, este brilhante museu oferece um resumo da vida aristocrática dos séculos XVIII e XIX. Poderá terminar a sua visita nas oficinas e apreciar os artesãos a trabalhar, ou tomando uma bebida no agradável café do pátio. 

  • Igreja São Vicente de Fora

    Inaugurada em 1629, foi seriamente danificada pelo terramoto de 1755, quando a sua cúpula e tecto caíram totalmente. A entrada faz-se por uma porta à direita da fachada, o seu interior e claustros são adornados por excepcionais painéis de azulejos do século XVIII. O mais particular é uma série de painéis que ilustram cenas das Fábulas de LaFontaine. Não deixe de apreciar no seu terraço as magníficas vistas sobre o Panteão Nacional, Alfama e o rio Tejo. 

  • Sé de Lisboa

    A Sé de Lisboa é a mais antiga Catedral da cidade e possui um misto de variados estilos arquitectónicos. A Catedral é um importante monumento do Gótico Português. A sua sacristia é lugar de um tesouro com inúmeros objectos sagrados, sendo o mais importante o tumulo com os restos mortais de São Vicente, o Santo Padroeiro oficial de Lisboa.

  • Eléctrico 28

    A carreira 28 dos icónicos eléctricos de Lisboa foi inaugurada em 1914 e tem hoje uma extensão de 7km (4.5 milhas) que passa pelos bairros históricos da cidade. Apanhe o eléctrico 28 no Miradouro das Portas do Sol. 

  • Alfama

    Este é o bairro mais emblemático de Lisboa e um dos mais enriquecedores, para quem nele passeia ou quer fotografar, graças às suas ruas medievais e magnificas vistas. Uma vez que está assente sobre uma placa de pedra maciça sobreviveu ao terramoto de 1755 o que torna um passeio por este antigo bairro residencial uma viagem ao passado. À noite não perca o Fado que se pode ouvir nos seus restaurantes e casas de Fado.


  • Feira da Ladra

    A mais antiga de Lisboa, onde se pode encontrar de tudo. Todas as terças-feiras e sábados junto ao Panteão Nacional.

  • Rua Augusto Rosa

    Aqui encontrará alguns dos melhores antiquários da cidade. Junto á Sé, a Catedral de Lisboa. 

  • Leitão e Irmão

    Joalheiros da Coroa Portuguesa em 1887, continuam a produzir todos os artigos nas suas próprias oficinas, arcando com uma marca que garante os mais elevados padrões de qualidade.

  • Conserveira de Lisboa

    Fundada em 1930, ainda comercializa os seus 3 enlatados de origem, das marcas Tricana, Prata do Mar e Minor, mantendo assim uma ligação credível entre produtores e clientes.

  • Luvaria Ulisses

    Fundada em 1925, é uma pequena loja, onde é um apelo a experimentar algumas das suas requintadas luvas.

  • Casa Pereira

    Compre um pequeno pacote de “bolachinhas de furo” para comer enquanto passeia.

  • A Vida Portuguesa

    Uma loja diferente, que oferece muitos dos produtos antigos portugueses, que lentamente foram desaparecendo da sociedade.

  • Casa do Loreto

    A mais antiga loja e fabricante de velas em Lisboa. Uma loja lindíssima com uma colecção de velas artesanais maravilhosas.

  • O Carioca

    Um palácio Art Deco com dois moinhos de café que datam de 1936. O símbolo icónico da loja é uma carioca; uma mulher do Rio de Janeiro, a segurar um copo de café.

  • Chapelaria Azevedo Rua

    Desde 1886, é um sítio onde poderá encontrar todos os tipos de chapéus.

  • Fábrica de Sant’Anna

    Produzem todas as suas peças com métodos totalmente artesanais, mantendo os mesmos métodos desde 1741.

  • Livraria Bertrand

    Fundada no Chiado em 1886, é a livraria mais antiga no mundo, reconhecida pelo Guinness.

  • Festas de Lisboa

    Santo António, santo padroeiro de Lisboa. Antecede todas as festas da cidade, que atingem o ponto máximo na noite de 12 de Junho com marchas populares que decorrem na Avenida da Liberdade.  Vários acontecimentos festivos invadem os bairros mais antigos de Lisboa, atraindo milhares de pessoas para as ruas da cidade.

  • Peixe em Lisboa

    Durante 11 dias no mês de Abril, oferece a oportunidade de degustar diversos pratos gastronómicos inovadores, confeccionados com o peixe e marisco da costa portuguesa.

  • Maratona de Lisboa

    Todos os anos em Dezembro, as ruas da capital portuguesa são invadidas pela maratona de Lisboa – é o evento mais antigo de maratonas em Portugal.

  • Com’Out Lisbon

    Festival de Jazz que decorre em Setembro. Com música ao vivo, dança e teatro nos jardins da cidade e noutros locais.

  • Fashion’s Night Out

    Todos os anos em Setembro, a maior parte das lojas nas zonas comerciais de Lisboa, como o Chiado e Avenida da Liberdade, permanecerão abertas até mais tarde. Este evento é organizado pela revista Vogue em várias cidades do mundo.

  • Festival dos Oceanos

    Durante o mês de Agosto decorrem uma série de eventos com entrada gratuita, animando a Zona Ribeirinha da capital.